Este website usa cookies para melhorar a navegação dos nossos utilizadores. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Fechar ou Saber Mais
Menu
Pesquisar
Inquérito
Gostaria de ter Internet wireless gratuita por toda a freguesia?
Excelente Ideia!
Já deveria estar!
Não!
Notícia
XX Festival Internacional de Folclore
8 de Julho de 2018
Org.Rancho Folclórico do Centro Beira Mondego

O XX Festival Internacional de Folclore do Rancho Folclórico do Centro Beira Mondego (RFCBM) - Santo Varão voltou a surpreender e a deslumbrar o muito público presente junto ao adro da Igreja Matriz de Santo Varão. Este ano teve como Tema “O Povo que vive no Rio…Ou o Rio que vive no Povo”.

Na sessão de boas-vindas, que se realizou no Centro Cultural de Santo Varão, Pedro Santos, coordenador do RFCBM referiu que “o evento tem como propósito servir a comunidade, respeitar a memória individual e a memória colectiva da freguesia”, e reforçou: “O RFCBM não realiza apenas um festival de folclore, realiza o festival com folclore e etnografia”.

Na ocasião, a vereadora Paula Rama felicitou o Centro Beira Mondego e o RFCBM pela realização de “mais um evento cultural de excelência”, elogiou a Direção do CBM, na pessoa da sua presidente Rosa Simões, “por todo o trabalho que faz na instituição” e sublinhou: “Obrigado por nos terem convidado a estar convosco nesta comemoração e, da nossa parte, tudo faremos para continuar a colaborar. Podem contar connosco”.

Durante a tarde, decorreu uma animada Oficina de Dança na qual algumas formações participantes ensinaram as suas danças e os seus cantares.
Á noite e após a recriação de diversos momentos ligados ao Baixo Mondego e da sua evolução que acompanhou e transformou, igualmente, a vida das populações, o XX Festival Internacional de Folclore terminou em grande com as atuações do Rancho Folclórico do Centro Beira Mondego - Santo Varão, do Rancho Folclórico da Mãe d´Água de Bragança – Bragança, do Rancho Folclórico Santa Maria da Touguinha - Vila do Conde, do Grupo Folclórico Danças e Cantares do Minho – Lisboa e do Zeplén Folk Group – Hungria. Ainda antes e durante a tarde, decorreu ainda uma animada Oficina de Dança na qual algumas formações participantes ensinaram as suas danças e os seus cantares.

  
Estatísticas
Temos 162 visitantes online.
Visitas: 2.233.926
Login
Utilizador:
Password:
     
Criar novo registo
Recuperar Password
Agenda de Eventos
Partilha
Mural Facebook
Neste momento não existe informação disponível.
  Acessibilidades | RSS | Pedido de Informações | FAQ | Requisitos técnicos
Todos os direitos reservados - Desenvolvido por Ok-Portugal